Samsung revela novo e revolucionário sistema de lavanderia quatro em um na CES 2017

A Samsung Electronics apresenta seu revolucionário sistema de lavanderia FlexWash™ + FlexDry™, revelado ao público na CES 2017, em Las Vegas. Eles foram desenvolvidos para oferecer duas lavadoras e secadoras em um só sistema, dando aos consumidores mais opções para lavar roupas da maneira que quiserem, em várias situações. Incorporando as principais tecnologias de lavanderia da Samsung, o sistema FlexWash ™ + FlexDry ™ fornece a mais avançada e flexível solução para atender às necessidades de famílias modernas e ocupadas.

Nas duas máquinas, cada compartimento de lavagem conta com características únicas para as necessidades do dia a dia. O compartimento frontal da FlexWash™ tem aproximadamente 140 litros de capacidade – o maior em sua  categoria¹ — para trabalhar com volumes normais ou elevados. Já o compartimento superior da lavadora conta com mais 28 litros de capacidade e foi desenvolvido para lavar volumes menores em separado. Quem tiver grandes volumes de roupa, pode operar as duas lavadoras ao mesmo tempo com configurações diferentes.

Na secagem das roupas, a FlexDry™ tem capacidade para grandes volumes e a flexibilidade adicional de secar alguns itens delicados ao mesmo tempo. O usuário pode colocar roupas na horizontal no exclusivo compartimento Delicate Rack, na parte superior da secadora, e secar suavemente os tecidos delicados com um fluxo de ar controlado e aquecido. O compartimento especial ajusta automaticamente o calor entre a temperatura ambiente e 35ºC, dependendo do tipo de tecido a ser secado. Já o compartimento de secagem principal também usa a tecnologia MultiSteam da Samsung para refrescar e desinfetar roupas, reduzindo odores e rugas.

“Todo mundo tem roupas diferentes e maneiras distintas de cuidar delas”, diz Seo Byung-Sam, presidente da divisão de Eletrodomésticos da Samsung Electronics. “O FlexWash™ + FlexDry™ é um sistema de lavanderia que atende as mais diversas necessidades, de uma só vez. Estamos nos esforçando para dar aos consumidores a liberdade e a flexibilidade de ajustar o processo de lavagem ao seu modo de vida, e não o contrário.”

De acordo com uma pesquisa da Samsung sobre hábitos de lavanderia dos consumidores dos EUA, 87% dos americanos separam as roupas em claras e escuras, diferentes tipos de tecido e graus de sujeira, e 70% dos entrevistados realizam duas ou mais lavagens consecutivas. O novo sistema de lavanderia FlexWash ™ + FlexDry ™ foi desenvolvido para transformar o mercado, pois os consumidores descobrirão uma maneira eficaz de rapidamente separar e lavar suas roupas. A capacidade de operar os quatro compartimentos simultaneamente e em separado atende a uma forte demanda do consumidor, de lavar roupas mais rápidamente, mantendo a separação das peças.

A nova lavadora FlexWash™ utiliza três principais tecnologias de lavanderia da Samsung: SuperSpeed™, PowerFoam™, e a Tecnologia de Redução da Vibração (Vibration Reduction Technology, ou VRT). A tecnologia SuperSpeed™ reduz o ciclo de lavagem habitual de uma lavadora Samsung convencional de 60 minutos para 30 minutos. Já a tecnologia PowerFoam™ utiliza a mistura prévia de água, ar e sabão para limpar profundamente os itens mais volumosos com o poder da espuma. Já a VRT foi desenvolvida para minimizar a vibração e o nível de ruído.

Para facilitar o uso, a lavadora FlexWash™ utiliza apenas uma entrada de água, eliminando a necessidade de contratar um profissional na hora da instalação. Além disso, os compartimentos superiores de cada unidade de lavadora e secadora são de fácil acesso e permitem aos consumidores colocar e retirar a roupa com mais comodidade, e seu vidro transparente torna simples verificar visualmente os ciclos de lavagem.

Por fim, a FlexWash™ e a FlexDry™ são compatíveis com a Internet das Coisas (IoT) e contam com recursos inteligentes que permitirão aos usuários controlá-las através de seus smartphone², utilizando o aplicativo Samsung Smart Home. Com isso será possível iniciar, interromper e monitorar cada ciclo de ambas as máquinas.

A FlexWash™ e a FlexDry™ receberam o Prêmio Inovação da CES 2017, dando continuidade a uma série de vitórias por inovações, que incluem a Activewash™ em 2015 e a AddWash™ em 2016. Por enquanto, os produtos ainda não têm previsão de chegada no Brasil.

1Com base nas dimensões do produto.

2O aplicativo Samsung Smart Home é compatível com o Android OS 4.0 (ICS) ou superior otimizado para smartphones Samsung (séries Galaxy S e Galaxy Note). Esse aplicativo também é compatível com iOS 7 ou superior para modelos de iPhone. O aplicativo Smart Home está disponível na App Store e na Play Store.

Sabe quais foram os nomes mais registrados no Paraná? e em Curitiba?

Nada de referências a artistas estrangeiros ou nomes da moda nas novelas. Os nomes mais registrados nos cartórios do Paraná em 2016, foram João e Maria. A informação é da Associação dos Notários e Registradores do Estado do Paraná (Anoreg-PR) que revela que no ano passado, o estado ganhou 7.853 Marias e 5.109 Joões.

O terceiro lugar fica para Davi, que é foi o mais adotado em Curitiba. Nomes mais simples e “antigos”, como Pedro, Ana e Gabriel também aparece na lista. Veja os nomes que lideram a lista no Paraná e em Curitiba, de acordo com a Anoreg-PR.

10 nomes mais registrados no Paraná

  1. Maria – 7.853
  2. João – 5.109
  3. Davi – 4.459
  4. Ana – 4.304
  5. Arthur – 4.075
  6. Miguel – 3.673
  7. Pedro – 3.013
  8. Alice – 2.507
  9. Laura – 2.377
  10. Enzo – 2.363

Nomes mais registrados em Curitiba

  1. Maria – 1231
  2. Davi – 807
  3. Arthur – 797
  4. Miguel – 743
  5. João – 687
  6. Alice – 645
  7. Ana – 587
  8. Pedro– 587
  9. Laura – 550
  10. Enzo – 463
  11. Sophia – 439
  12. Julia – 400
  13. Gabriel – 400
  14. Bernardo – 392
  15. Helena – 355
  16. Lucas – 349
  17. Valentina – 345
  18. Matheus – 275
  19. Gustavo – 275
  20. Lívia – 267

E você? Ajudou na estatística?

Big Mac no Brasil continua entre os mais caros do mundo

O Brasil continua com um dos sanduíches Big Mac mais caros do mundo, apesar da desvalorização do real no ano passado. Segundo o Índice Big Mac, divulgado pela revista britânica The Economist, o país está em quinto lugar na lista de preços mais caros do sanduíche do Mc Donald’s. O preço médio por aqui é US$ 5,12, ou R$ 16,50.

O Brasil caiu uma colocação em relação ao mês de janeiro de 2016, quando o país ficou no quarto lugar na pesquisa. Neste ano, Suíça, Noruega, Suécia e Venezuela ficaram na nossa frente, pois seus moradores precisam pagar mais de US$ 5,12 para comer um Big Mac. Na Suíça, o preço chega a US$ 6,35, enquanto na vizinha Venezuela o preço é de US$ 5,25.

Mas, a apesar de o Brasil ter caído uma posição, o preço subiu, se levarmos em consideração o real como moeda. Em janeiro de 2016, o Big Mac custava cerca de R$ 13,50. Já no início deste ano, o brasileiro desembolsa R$ 16,50 para comprar o sanduíche.

O preço no Brasil é praticamente o mesmo cobrado nos Estados Unidos. Um americano paga US$ 5,06 para consumir o Big Mac. O valor coloca o país na sexta colocação, logo atrás do Brasil. Já o lugar mais barato para comprar o lanche do Mc Donald’s é o Egito. No país do oriente médio, o sanduíche sai por US$ 1,46.

O Índice Big Mac é realizado semestralmente pela revista britânica The Economist desde 1986. Ele serve para mostrar o poder de compra dos países e tem como referência o preço médio do lanche do Mc Donald’s pelo fato de a rede de fast-food ter uma presença global.

Curitibana de 11 anos é selecionada no “Voice Kids”

No segundo dia de audições às cegas, a curitibana Mariana de Medeiros, de 11 anos, subiu ao palco e cantou “Eu Só Queria Te Amar” no programa “The Voice Kids”, da TV Globo. A menina empolgou a plateia com a energia e a presença de palco. Com isso, ela se junta a outros três cantores miris paranaenses selecionados no primeiro episódio desta temporada, no domingo passado.

A dupla Victor & Leo viraram a cadeira. “O que fez a gente virar foi a energia que você trouxe”, disse Leo. Victor destacou a fofurice de Mariana: “Que menina mais doce”, destacou Victor.

21 dicas para os fanáticos por PokemonGO

Pokemon Go está tomando conta do mundo!

Claro que o aplicativo precisa ainda de alguns ajustes, mas ainda assim está  divertido para sair e jogar. Você realmente tem que se levantar, sair do sofá, e visitar locais do mundo real para reabastecer itens importantes como Pokeballs, e, claro, para pegar Pokemons selvagens.

O jogo oferece pouco em termos de orientação sobre as nuances de captura, coleta e evolução. Na verdade, não há nem mesmo um tutorial. Confira as seguintes dicas avançadas e truques para ir além do básico e ajudá-lo a realmente a dominar Pokemon Go.

Continue lendo 21 dicas para os fanáticos por PokemonGO

5 coisas que gostaríamos de ver na Season Finale de ‘Game of Thrones’

Fãs de Game of Thrones, a sua espera está quase terminado.

Estamos chegando no o episódio final da (possivelmente?) Penúltima temporada. Para um show que já estabeleceu um precedente para manter os fãs na expectativa, só podemos esperar que este final mantenha nossos maxilares cerrados.

Agora que está confirmado para ter 69 minutos – o episódio mais longo da história de GoT – podemos esperar que o show apresente suas surpresas

Tenha em mente, estamos tentando manter essa coisa breve. Os principais jogadores do show não estão nem mesmo no mesmo lugar. Daenerys ainda está do outro lado do mar, com Tyrion. Jon Snow e Sansa Stark apenas recuperaram sua casa, no norte. Bran ainda está vagando extremo norte do Muro. O Trono de Ferro está sendo mantido por fanáticos religiosos. E, não esqueçamos, há um gigantesco exército de mortos-vivos vindo.

O título do episódio do finale – “The Winds of Winter” – é mais do que apenas o título do autor George R. R. Martin para o sexto livro da série. Isso implica que escuridão e morte estão chegando a partir do norte, e que ainda há mais morte possível para os caracteres restantes.

Então,  que cabeças rolarão esta semana? Temos alguma especulação, graças a fotos divulgados pela HBO, pela história do livro e uma pitada de ilusão.

Continue lendo 5 coisas que gostaríamos de ver na Season Finale de ‘Game of Thrones’

Ubisoft está dando um jogo de PC grátis por mês até o final do ano

Se conferência de imprensa da Ubisoft na E3  não conseguiu fazer você dançar, esta notícia pode trazer motivos para comemorar.

Por conta do seu 30º aniversário, a Ubisoft está dando um jogo de PC grátis por mês a partir de agora até dezembro deste ano. Tudo que você precisa baixá-los é uma conta Uplay.

free ubisoft games

Por enquanto, parece que os jogos serão revelados no mês que se tornam disponíveis, e o game Prince of Persia: Sands of Time, de junho de 2003, está disponível e pronto para jogar.

Apenas largue o joystick de vez em quando e faça algum exercício neste verão.

Os deuses antigos e os novos: um guia para as religiões de Game of Thrones

Esta história contém spoilers para Game of Thrones, incluindo o episódio que foi ao ar em 5 de junho. Prossiga por sua conta e risco.

O Deus Afogado. “The Seven”. O Senhor da Luz. A mãe. O pai. Os deuses antigos e os novos. R’hollor.

“A noite é escura … e cheia de teologia”.

O mundo de Game of Thrones não é apenas dominado pela magia e dragões, mas por uma grande variedade de religiões. Em temporadas passadas, pode ter sido mais fácil acompanhar as divindades e panteões pelos quais oravam os moradores de Westeros e de sua vizinha, Cidades Livres, mas a Sexta Temporada chegou intensificando os confrontos entre as fés, bem como o secular e o divino.

the old gods

Os Deuses Antigos

Os Deuses Antigos são adorados em Westeros há mais tempo do que a maioria dos outros mitos e lendas. Não há iconografia real para esses deuses sem nome; eles simplesmente existem como rostos na casca preta e cinzenta de árvores represeiro. A religião mística representa os espíritos das florestas e do mundo circundante, bem como as conexões com os animais e os selvagens.

Eles eram adorados pelas Crianças da Floresta, a quem Bran tem encontrado em sua viagem para o Norte. Após os conquistadores Primeiros Homens desembarcarem em Westeros (milhares de anos antes das histórias sobre Game of Thrones), pelejaram com as crianças e reduziram algumas dessas árvores. Os Primeiros Homens finalmente fizeram as pazes com os filhos, apenas para ser seguido pelo conquistadores Ândalos  (outra raça conquistadora antiga), que trouxe sua própria religião: Fé dos Sete.

O único culto moderno remanescente dos antigos deuses está no Norte. Os Starks e outras casas do Norte fazem suas orações no Bosque Sagrado, bosques onde as árvores represeiros crescem. É também uma parte importante da religião dos selvagens, já que represeiros são mais abundantes além do muralha.

Os deuses antigos também são creditados como tendo poderes, como a Visão Verde (Greensight), as visões premonitórias que Jojen Reed possuía. (Se você não se lembra de Jojen, ele acompanhou Bran ao norte da muralha com sua irmã Meera, mas foi morto por esqueletos.) Wargs como Bran Stark também estão em seu domínio.

Continue lendo Os deuses antigos e os novos: um guia para as religiões de Game of Thrones

É o Rieu, aquele do violino?