“Quem assistiu o Fantástico ontem”, Facebook e a disseminação de correntes.

 Apenas que me irrito profundamente quando vejo certas coisas na rede. A última é uma mensagem que circula no Facebook repercutindo uma reportagem do Fantástico.

A mensagem diz o seguinte:

Quem assistiu o Fantástico ontem (domingo, 21/10) sabe da falta de proteção no Facebook.

Com as mudanças do Face, agora todos ficam sabendo de coisas de gente que nem estão nos nossos contatos, só porque um contato faz um comentário ou “curte” algo de alguém.

Então peço a gentileza de:

(1) Aqui mesmo, logo acima, posicione o mouse sobre a minha foto (sem clicar).

(2) Espere até aparecer uma janel
a e posicione o mouse sobre o ícone “Amigos
…” (também sem clicar), depois

(3) Desça até “Configurações” e aí sim clique. Vai aparecer uma lista:

(4) Clique em “Comentários e opções Curtir” desmarcar esta opção.

Assim minhas atividades ficarão restritas aos meus amigos e familiares, não se tornarão domínio público.

 

Vamos por partes. Primeiro, provavelmente quem compartilhou esse conteúdo não viu a reportagem  do Fantástico. A matéria mostra o quanto perdemos a privacidade. Mas não é por uma mudança no Facebook. O Facebook não mudou. É o mesmo. Igualzinho. E as configurações de segurança também.

A ausência de cuidados com aquilo que publicamos é que tornam nossos dados públicos, visíveis inclusive para estranhos. E sobre isso não precisávamos assistir a reportagem do Fantástico. Trata-se de um assunto recorrente em blogs, sites e páginas especializadas em redes sociais.

Segunda questão, não é preciso ser um especialista pra ver o quão imbecil é esta mensagem que circula na rede. Quando a pessoa pede pro outro mudar a configuração de amizade, na verdade, está entregando a sua privacidade nas mãos do “amigo”. É como se você fosse pro quarto namorar e desse a chave pra um colega pedindo: “mantém a porta fechada pra mim?”. Caríssimos, quem tem que fechar somos nós. Não o outro. E é simples demais fazer isso: basta entrar nas configurações – privacidade e segurança – e controlar o que você quer que seja visto no seu perfil. E por quem.

Pelamordedeus!!! Se não sabe configurar o seu Facebook, não sabe controlar sua privacidade na rede, feche a conta. Pelo menos, não vai ficar exposto.

A propósito, as configurações de privacidade, VOCÊ mesmo controla neste link: https://www.facebook.com/settings/?tab=privacy

Terceiro ponto. Vamos nos informar direito – antes de compartilhar e antes de usar algo.A gente repete coisas na internet sem saber o que estamos falando. Vamos checar, confirmar, entender primeiro. E não é possível admitir que façamos uso de serviços, estejamos nas redes sociais, sem saber como usá-las e as consequências disso. É um absurdo como algumas pessoas se expõem. Gente que sequer faz parte da lista de amigos tem acesso a fotos de desconhecidos na praia, na piscina, na balada… fotos de lingerie diante do espelho. Para tudo, né?

A pessoa publica o nome de familiares, endereço, os locais para onde viaja, onde almoça… com quem saiu, com quem ficou… Uma loucura! E depois se assusta com a reportagem do Fantástico. Pior, mantém-se ignorante achando que os amigos é que devem reconfigurar seu status. Socorro, viu!?

Não assistiu a reportagem do Fantástico? Veja o vídeo aqui embaixo ou diretamente no site do Fantástico nesse  link

 

Aproveita e compartilhe isso no seu Facebook, muito mais inteligente: :P

André Reu
Blogueiro nas horas vagas, torcedor do Coritiba. Passa 28 horas por dia na internet. Assiste novela e não tem vergonha. Atualmente perdendo horas importantes no viciante Triple Town